Notícias

POLICIAIS QUE FAZEM ESCOLTA DE PARLAMENTARES PASSAM POR CAPACITAÇÃO

Por 21/10/2019 outubro 23rd, 2019 Sem Comentários

Nesta sexta-feira, o diretor da Coordenaria Militar da ALERJ realizou uma palestra durante o estágio de proteção a autoridades no Palácio Guanabara.
Durante o encontro, ele apresentou estatística de ameças a parlamentares por disque denúncia. Ao tudo, 33 ocorrências foram registradas desde dezembro do ano passado.
Ele também apresentou um projeto de resolução que tramita na ALERJ para alterar o regimento interno, no que diz respeito as coordenadorias de segurança da casa.

 

“Nós temos um projeto de resolução, que é com o intuito de alterar os artigos 231 e 232 do Regimento interno da Assembleia, para reorganizar a questão da coordenadoria de segurança e coordenadoria de combate a incêndios e defesa civil do corpo de bombeiros que nós temos na casa. Para que seja colocado quais são as missões, as competências, para que fique explícito no regimento e a partir daí nós criarmos um regulamento que contenha todos os procedimentos necessários que envolvam situações que podem acontecer para que quando aconteçam as pessoas saibam o que fazer.”

O Coronel também destacou a importância do estágio de proteção a autoridades, realizado pela a sub-secretaria militar do gabinete de segurança institucional do governo.
Ao todo 32 polícias foram cedidos a ALERJ vão participar do estágio de proteção de autoridade. O curso tem duração de 1 semana e inclui a prática de tiros e métodos de defesa pessoal.

“… nós passamos a ter uma nova visão a respeito da segurança parlamentar, então ele passou a entender que é importante ter treinamento, que é importante a questão do disque-denúncia, que é importante a questão da inteligência. De tratar as informações e receber as informações para que nos antecipemos a qualquer tipo de pensamento contra ou que tente atentar contra a vida de um Parlamentar.”

Segundo o Coronel César Lima, da sub-secretaria militar do gabinete de segurança institucional do governo os cursos e estágios de proteção a autoridades não aconteciam desde de 2013.

“nós conseguimos com o presidente, Deputado André Ceciliano, uma contribuição financeira, a Polícia Militar participa, TRT, TRF, o Bombeiro Militar, então a gente conseguiu fazer esse curso esse estágio para o efetivo que executa esse tipo de serviço nesses órgãos.

Esse Polícial cedido a ALERJ que participou do curso falou sobre a importância do Estágio na qualificação dos agentes de segurança que fazem a proteção dos Parlamentares.

“O curso é excelente. Está sendo de grande valia na minha vida, pois eu, inicialmente, comecei o curso com uma mentalidade e agora realmente eu vi que muitas coisas poderiam ser melhoradas e é lógico que somente através de uma técnica apurada de um conhecimento verdadeiramente técnico voltado a proteção de dignatários eu posso estar utilizando e desempenhar um serviço de excelente qualidade.”

Print Friendly, PDF & Email

Deixe uma reposta