Notícias

ALERJ E MP ASSINAM CONTRATO PARA GESTÃO DA FOLHA DE PAGAMENTO

A Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj) e o Ministério Público Estadual (MP-RJ) assinaram, nesta terça-feira (29/12), o contrato de gestão das folhas de pagamento de ambas as instituições com o Banco Itaú Unibanco S/A, vencedor do processo licitatório. O contrato terá vigência de cinco anos.

Presidente da Alerj, deputado André Ceciliano (PT) anunciou que a Casa pretende destinar o valor arrecadado com a renovação do contrato para a criação do Museu da Democracia, após a mudança da estrutura administrativa e legislativa da Alerj para o edifício Lúcio Costa, o “Alerjão. “Vamos pegar esses recursos para que possamos modernizar nossas estruturas e preparar o Palácio Tiradentes para ser o Museu da Democracia. É muito importante essa parceria, é muito importante o destino que vamos dar a este prédio histórico”, pontuou o deputado.

Ao todo, o Itaú pagará às duas instituições R$ 55 milhões – a proposta mínima era de R$ 54.779.173,16. O resultado foi 18,77% superior ao obtido em 2015, enquanto a variação do IPCA do período foi de 20.4%. Procuradorgeral de Justiça do Rio, Eduardo Gussem ressaltou que a parceria com o Legislativo mostra como as duas instituições buscam mais eficiência. “É uma sinalização importante, de que as instituições podem, mantendo a sua independência e autonomia, caminhar juntas, buscando melhores preços e melhores serviços. Afinal de contas, todos integramos o mesmo estado e precisamos buscar mais eficiência, resolutividade e economicidade nas nossas atuações”, frisou o procurador.

Para Ceciliano, a parceria com o MP foi um marco para o Legislativo. “Tivemos uma licitação diferente, conjunta, mantendo o banco que já nos atendia, e a Alerj arrecadou quase 20% a mais que da última vez, em 2015. Este procedimento conjunto foi importante porque trouxe ainda mais transparência à licitação”, pontuou CecilianoDiretor Geral da Alerj, Wagner Victer endossou o deputado, e ressaltou a credibilidade da ação. “Esse entendimento é muito positivo para sociedade, dá transparência e contribui muito para obter melhores propostas”, concluiu o diretor.

A solenidade de assinatura do contrato foi realizada na sede do Ministério Público, no Centro do Rio. Participaram da cerimônia, ainda, o subprocuradorgeral de Justiça de Administração, Eduardo da Silva Lima Neto; o promotor de Justiça secretáriogeral do MP, Dimitrius Viveiros Gonçalves; a gerente de Poder Público do Banco Itaú Unibanco S/A Simone da Cruz Simões e a gerentegeral comercial do Itaú, Priscila Scheeffer.

Print Friendly, PDF & Email

Deixe uma reposta