Skip to main content
Notícias

Após aprovação na Alerj, ‘Dia Estadual do Humor’ em homenagem ao humorista Paulo Gustavo segue para sanção ou veto de Cláudio Castro

O projeto de lei 4.963/21, aprovado pela Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj) na última quarta-feira (13), que prevê a criação do ‘Dia Estadual do Humor’ seguiu para sanção ou veto do governador, Cláudio Castro. O PL foi votado pelos parlamentares da Alerj em discussão única e é uma homenagem ao humorista Paulo Gustavo, falecido em maio deste ano vítima de covid-19, quando tinha apenas 42 anos.
De acordo com o projeto, o Dia Estadual do Humor, passa a ser comemorado no dia 30 de outubro, data de aniversário do comediante.
O deputado André Ceciliano (PT), autor do projeto, lembrou que Paulo Gustavo dizia que “rir é um ato de resistência” e enfatizou que, especialmente no dia 30 de outubro, ficará banido o mau humor. “Nosso objetivo é eternizá-lo no calendário oficial do Estado do Rio de Janeiro e promover uma celebração ao ato de fazer rir”, declarou Ceciliano.
Para o deputado estadual, Samuel Malafaia (União Brasil), um dos parlamentares que votou favorável ao projeto, Paulo Gustavo é reconhecido como um dos grandes nomes do humor. “Ele não foi apenas um ator, foi e ainda é uma referência para novas gerações de humoristas. Eternizar essa data significa preservar a memória dele e dar ao nosso povo um dia a mais para sorrir. Agora é aguardar a decisão do governador”, afirmou.
Ao longo de sua carreira, Paulo Gustavo colecionou personagens que fizeram história na TV, no teatro e nos cinemas, deixando um extenso legado para o humor nacional. Vale destacar que recentemente uma das ruas mais famosas de Icaraí, bairro onde o ator morou, foi renomeada em sua homenagem.
Print Friendly, PDF & Email

Leave a Reply