Skip to main content
Brasil

Bolsonaro pode não participar das eleições em 2022

 

O presidente da República, Jair Bolsonaro, colocou em dúvidas sua participação nas eleições de 2022, condicionando sua entrada no pleito a aprovação do voto impresso. A declaração foi dada nesta segunda-feira (2) em entrevista a rádio ABC.

Bolsonaro lembrou que após participar da eleição não poderia reclamar de fraude, já que houveram fortes indícios em 2018 mas não sem apuração.

“Olha, a gente não pode disputar as eleições, perder e reclamar depois. Suponha que seja mantido o atual sistema que está aí. Que eu concorra e perca, mesmo com vários indícios de fraude, como tivemos em 2018 entre outras eleições”, disse.

Ainda sobre o tema, ele questionou sobre quem iria julgar os recursos, lembrando que seria os ministros do Supremo Tribunal Federal (STF), justamente quem atualmente age contra a melhoria no sistema eleitoral.

 

“No final da linha, quem vai julgar o meu recurso? O Supremo Tribunal Federal. Preciso te responder alguma coisa?”, questionou Bolsonaro.

Ainda sobre o tema, o presidente lembrou que está em jogo em 2022 duas novas vagas que serão abertas para a Corte.

“E olha o que está em jogo em 2022. Não é apenas uma cadeira para presidente da República. Quem por ventura ganhar as eleições, no primeiro semestre de 2023, irá indicar dois nomes para o STF. Tá respondido? Acho que não preciso complementar o perfil de quem vai pra lá se aquele cara que tiraram da cadeia, que roubou o país, ganhar as eleições”, reclamou o presidente, se referindo ao ex-presidente Lula.

Print Friendly, PDF & Email

Leave a Reply