Notícias

Cai o presidente da Imprensa Oficial do Estado, alvo da guerra santa na Alerj

O arranca-rabo no DEM por causa das nomeações na Imprensa Oficial do Estado, ao que tudo indica, fez a primeira vítima. E no alto da pirâmide.

A exoneração do presidente João Morani Veiga, indicado pelo deputado estadual Fábio Silva — herdeiro da Rádio Melodia, uma potência no mundo evangélico — foi publicada no Diário Oficial desta quinta-feira (11).

Morani havia sido duramente criticado pelo também deputado estadual Samuel Malafaia num grupo de mensagens de parlamentares do DEM. Ele teria dispensado cinco indicados pelo irmão do pastor Silas Malafaia, fundador da Assembleia de Deus Vitória em Cristo.

Samuel queixou-se no grupo e pediu providências ao líder do partido na Assembleia  o próprio Fábio Silva!

No lugar de Morani, assume Cristina da Silva Batista, que ocupava o cargo de assessora jurídica do órgão.

Cristina também seria indicada por Fábio Silva  que só trocou as pecinhas de lugar.

Print Friendly, PDF & Email

Deixe uma reposta