Skip to main content
Rio de Janeiro

Comlurb e mergulhadores removem quase 20 toneladas de lixo da Praia da Urca

A Comlurb, a Subprefeitura da Zona Sul e o Instituto Mar Urbano promoveram neste sábado (23/01), na Urca, uma ação ambiental-educativa de conscientização pelo fim do plástico no oceano. Foram recolhidas 19,6 toneladas de resíduos. Garis da Companhia retiravam sujeira das pedras, da areia das praias e do espelho d ‘água com um ecoboat, cinco mergulhadores usando cilindro de ar limpavam o fundo da Baía. O Corpo de Bombeiros também participou com um bote e um jet sky, auxiliando no trabalho.

Estudos recentes mostram que 80% do lixo que chega ao oceano têm origem em terra firme, impactando negativamente a vida marinha. Vale ressaltar que a região da Urca é um dos poucos pontos da Baía de Guanabara em que o cavalo marinho ainda pode ser encontrado. A ação ocorre do cais do flutuante até a Praia da Urca.

Lixo é um problema recorrente em praias. No dia 3 deste mês, equipes da Comlurb recolheram cerca de 2,5 toneladas de garrafas pet no mar de São Conrado. O material agora será usado numa grande escultura do artista plástico mexicano Ismael Torrano Montes de Oca, que também aproveitará resíduos coletados na Urca neste sábado. A obra, que terá formato de tubo em homenagem ao multicampeão mundial de surf Kelly Slater, será chamada de “Tsunami de Plástico”, em referência à onda de garrafas que se formou após o temporal do dia 2. A imagem viralizou e sensibilizou Slater, que falou de conscientização e cuidados com o descarte de plástico no mar.

A escultura, que ficará exposta nas praias da cidade e servirá de símbolo contra o descarte irregular de plástico, vai ser entregue por Montes de Oca durante o mês de fevereiro, na Praia de Copacabana, e os frequentadores poderão entrar no tubo e fazer selfies. A ação deste sábado teve como principal objetivo reforçar a importância e a necessidade de os cidadãos darem o exemplo para evitar poluir o meio ambiente, e uma das formas mais eficazes é a redução do consumo de plásticos de uso único.

A ação ambiental-educativa deste sábado teve apoio da ONG Oceana Brasil, da OceanPact, Macau Dive e da Associação de Moradores da Urca (Amour). A Comlurb atuou com 34 garis, sendo 30 na varrição, limpeza geral e remoção de resíduos na areia das Praias da Urca e Vermelha, na Mureta, nas pedras e nas ruas do bairro, dois no ecoboat e outros dois, da coleta seletiva da Companhia, organizando o recolhimento dos resíduos retirados do mar com apoio de um caminhão compactador do serviço.

A equipe de garis alpinistas da Companhia também participaram, com equipamentos de rapel, para garantir a limpeza das pedras com mais segurança. Além disso, fiscais do Lixo Zero fizeram uma ação de orientação e conscientização com os frequentadores da Mureta da Urca.

Mega operação na Linha Vermelha

Além da Urca, a Linha Vermelha também recebeu uma megaoperação da Comlurb no fim de semana. No sábado (23/1), uma ação de limpeza e roçada foi realizada no trecho que vai do entroncamento com a Linha Amarela até a altura da Rodovia Washington Luiz, e removeu 2,19 toneladas de resíduos.

O trabalho contou com 101 garis e 11 agentes de limpeza urbana, que utilizaram 55 ceifadeiras, dez sopradores e oito caminhões, sendo seis basculantes para transporte de resíduos, um com cesto aéreo para poda de árvores e outro para remoção de galhos.

As ações incluíram varrição e roçada de uma área de 20.900 m2 de via, capina de 50 m2, raspagem em 1022,8 m2, limpeza de canaletas em 1273 ml, 31 podas e oitos cortes de galhos que estavam invadindo a via. Também foram recolhidos objetos e bens inservíveis abandonados ao longo da via. No próximo sábado (30/01), a operação especial se estenderá ao trecho final, que vai da Washington Luiz até a Rodovia Presidente Dutra.

Fonte: Prefeitura do Rio de Janeiro
Fotos: Marcos de Paula

Print Friendly, PDF & Email

Leave a Reply