Notícias

Eduardo Paes lidera pesquisa para Prefeito do Rio em 2020

Saiu uma primeira pesquisa com números para a eleição para prefeito do Rio de Janeiro em 2020, apesar de ter cerca de 27 pré-candidatos a prefeito do Rio, a pesquisa leva em conta apenas 10 dos pré-candidatos. E foi publicada originalmente pelo jornalista Cássio Bruno/O Dia.

Encomendada pelo Democratas, e sem ser registrada, não é exatamente um número que não dê para confiar cegamente. Até porquê, como vimos em 2018, a maioria errou feio, mas serve para mostra bem o cenário no momento.

Na pesquisa, que mostra a liderança isolada do ex-prefeito Eduardo Paes (DEM), com 22,5%, tem um empate entre Marcelo Freixo (PSol), 10,8%, e Marcelo Crivella (Republicanos), 10,2%. Já a deputada estadual Martha Rocha (PDT) pontua 6,7%, e seu possível aliado, Alessandro Molon (PSB) está com 3,8%, se juntasse o voto dos 2, estariam empatados com Freixo.

Já Clarissa Garotinho (PROS), 1,9%, Otoni de Paula (PSC), 0,9%, Marcelo Calero (Cidadania), 0,8%, Rodrigo Amorim (PSL), 05,% e Mariana Ribas (PSDB), 0,1%. Bancos/Nulos, 30,8%. Não souberam/não responderam, 11%.

Mas se for levado em conta outro dado da pesquisa, a situação dos dados muda um pouco. Por exemplo, Paes sozinho teria 25,6%, mas um nome indicado por Bolsonaro e Witzel alcançaria 14,5%, já pelo PSol e PT 12,6%, pelo Marcelo Crivella 9,5%, por evangélicos 1,9%. E Nenhum fica em 26,9% e não sabem 9%.

Bem, se me permitem o comentário, acho muito difícil que o apoio de Bolsonaro fique em apenas 14,5%. Por mais que hoje o presidente não se encontre tão popular quanto em 2018, o Rio de Janeiro é o berço do Bolsonarismo e seu nome, sem dúvida nenhuma, potencializa muito qualquer candidato. O mesmo com o apoio do governador.

62,2% dos cariocas acham o governo de Crivella ruimFoto: Reprodução Internet

A pesquisa também revelou a rejeição de Crivella, 62,2% dos cariocas acham a gestão do bispo ruim, 24,5% regular e por alguma razão que foge a racionalidade, 9,8% dizem que a gestão de Crivella é ótima, e 3,5% não sabem.

Nessa segunda, 14/10, foi noticiado que Crivella investirá 400 milhões em obras e conservação no Rio. Não parece que será o suficiente para reverter esse quadro tão ruim para o bispo.

Print Friendly, PDF & Email

Deixe uma reposta