Notícias

Eduardo Paes ressalta que respeita todas as religiões e vai governar para todos

Em live realizada neste domingo, dia 22, Eduardo Paes conversou com o pastor Jorge Leibe e o padre Felipe Lima sobre a importância de governar para todos, independente de crença e religião, porque o Rio de Janeiro é uma cidade laica.

A cidade é diversa, ampla, tem católicos, evangélicos, religiosos de matriz africana e essa diversidade deve ser respeitada, compreendida. É isso que faz do Rio um lugar especial. Vou governar para todos – afirmou o candidato a prefeito do Rio.

Paes comentou e alertou sobre as fake news que estão sendo espalhadas sobre pedofilia nas escolas, ofendendo os professores e profissionais da rede público de ensino.

Meu adversário mistura religião com política e cria notícias nada verdadeiras. Sou a favor do diálogo com as religiões e respeito todas elas. Quem acompanhou o que fiz nas escolas do município do Rio quando fui prefeito sabe que eu sempre trabalhei com a verdade e transparência em prol da educação – ressaltou.

O pastor Leibe falou sobre a importância do poder público em ampliar a assistência social que as igrejas realizam e da parceria entre a prefeitura e as instituições.

As igrejas, de uma forma geral, desenvolvem um forte papel social e a prefeitura pode exercer o papel de apoio e parceria. Hoje vemos um aumento de pessoas necessitadas e a prefeitura ausente. Se somarmos forças, podemos fazer um trabalho mais completo. E os evangélicos, por exemplo, não podem só ficar no discurso e sim ajudar às pessoas – disse.

O padre Felipe Lima lembrou que Eduardo Paes é um bom gestor e sabe administrar os desafios que o Rio apresenta.

A gente acredita na sua vocação pra política, no seu apostolado – afirmou.

Ambos reforçaram que é preciso ter fé em um Rio melhor e fazer por onde, sem inventar mentiras para se defender.

-Quando a pessoa não pode provar o que foi feito, o trabalho realizado, não apresenta um resultado de qualidade de vida na cidade, ela cria factóides, mentiras, cortina de fumaça. E você não é assim, inclusive, levanta o astral do carioca – disse o pastor Leibe.

Paes comentou o que realmente importa em sua próxima gestão à frente da Prefeitura do Rio.

O que está em discussão nessas eleições é se os hospitais municipais vão funcionar, se as pessoas terão mais saúde e educação, se as crianças vão conseguir recuperar o ano letivo perdido. O atual prefeito tirou a fé e a crença dos cariocas no futuro. Nunca vi a cidade no estado de abandono em que ela se encontra. Por isso, digo: não vamos cair em fake news! Vamos escolher o que queremos para o futuro. A fé que temos tem que fazer do Rio uma cidade especial – reforçou o candidato, convocando a todos para votar 25 no próximo domingo, dia 29.

Print Friendly, PDF & Email

Deixe uma reposta