Notícias

IPVA 2021, GRT e DPVAT: saiba o que fazer para deixar o veículo em dia

A primeira data de vencimento do IPVA para os automóveis com final de placa número 2, será nesta segunda-feira, dia 25, tanto para o pagamento da primeira parcela quanto para a quitação integral do imposto. Já para os veículos com final de placa 9, o vencimento inicial será no dia 3 de fevereiro. A data do último vencimento — terceira parcela, para automóveis com final de placa 9  será o dia 9 de abril.

Quem pagar o imposto à vista terá um desconto de 3%. Como em anos anteriores, o IPVA também poderá ser pago em até três parcelas, sem abatimento.

Entre as novidades devido à pandemia de Covid-19, desde março do ano passado, houve prorrogação do calendário de licenciamento de 2020. O prazo para os veículos com placa de finais 0, 1 e 2 vai até 27 de fevereiro. Os motoristas  que quiserem conferir se há pagamentos a serem quitados, podem fazer a consulta nos sites do Detran e do banco Bradesco.

Documentos digitais

A pandemia de Covid-19 desde março do ano passado alterou a prestação de inúmeros serviços. Os motoristas estão tendo que se atualizar, com emissão de documentos exclusivamente digitais, a partir deste mês, e com facilidades na hora de colocar as taxas em dia, com pagamentos on-line. Já está na hora de imprimir guias, como a do IPVA e ficar de olho na dia de pagar.

Abaixo, o passo a passo de como quitar os principais serviços na palma da mão.

O calendário do IPVA

. Foto: Editoria de Arte
. Foto: Editoria de Arte

Como imprimir

A guia de pagamento estará disponível no portal da Secretaria estadual de Fazenda (fazenda.rj.gov.br/) e no site do Bradesco (www.bradesco.com.br). Para imprimir a guia, será preciso informar o número do Registro Nacional de Veículos Automotores (Renavam) e escolher a forma de pagamento: cota única com desconto de 3% ou o valor integral em três parcelas, com a primeira vencendo na mesma data da cota única e as demais nos meses seguintes.

Veja o passo a passo pelo site da Secretaria de Fazenda

Entre no portal da Secretaria estadual de Fazenda (fazenda.rj.gov.br/)

Página da Secretaria estadual de Fazenda Foto: Reprodução
Página da Secretaria estadual de Fazenda Foto: Reprodução

Vá à seção Serviços e clique em IPVA

Vá à área de Serviços, e clique em IPVA Foto: Reprodução
Vá à área de Serviços, e clique em IPVA Foto: Reprodução

Na página do IPVA, clique no serviço Emissão GRD

Na página do IPVA, procure o serviço Emissão da GRD Foto: Reprodução
Na página do IPVA, procure o serviço Emissão da GRD Foto: Reprodução

Você será redirecionado para o site do Bradesco. Escreva o Renavam

Digite o número do Renavam do veículo Foto: Reprodução
Digite o número do Renavam do veículo Foto: Reprodução

 

Opte pelo ano.  Escolha se vai pagar a cota única ou a primeira parcela

Tela mostra os dados do veículo e do proprietário, além do valor da cota integral e da primeira parcela Foto: Reprodução
Tela mostra os dados do veículo e do proprietário, além do valor da cota integral e da primeira parcela Foto: Reprodução

 

Vai aparecer uma tela com o valor e a data de pagamento. Clique no botão gerar boleto

Tela com o valor a pagar após a opção escolhida (cota única ou primeira parcela) Foto: Reprodução
Tela com o valor a pagar após a opção escolhida (cota única ou primeira parcela) Foto: Reprodução

 

Será gerada a guia. É só imprimir

A guia de pagamento do IPVA para imprassão Foto: Reprodução
A guia de pagamento do IPVA para imprassão Foto: Reprodução

Pelo site do Bradesco

Entre no site do Bradesco (www.bradesco.com.br)

Entre no site do Bradesco Foto: Reprodução
Entre no site do Bradesco Foto: Reprodução

Procure o item Pagamentos

Procure o item pagamentos Foto: Reprodução
Procure o item pagamentos Foto: Reprodução

Vá à seção Tributos

Procure a área Tributos Foto: Reprodução
Procure a área Tributos Foto: Reprodução

Clique no item Detran RJ

A opção Detran RJ da página Foto: Reprodução
A opção Detran RJ da página Foto: Reprodução

 

Marque a opção Gerar boleto

Clique na opção Gerar boleto Foto: Reprodução
Clique na opção Gerar boleto Foto: Reprodução

Escreva o Renavam

Digite o número do Renavam do veículo Foto: Reprodução
Digite o número do Renavam do veículo Foto: Reprodução

 

Opte pelo ano.  Escolha se vai pagar a cota única ou a primeira parcela

Tela mostra os dados do veículo e do proprietário, além do valor da cota integral e da primeira parcela Foto: Reprodução
Tela mostra os dados do veículo e do proprietário, além do valor da cota integral e da primeira parcela Foto: Reprodução

 

Vai aparecer uma tela com o valor e a data de pagamento. Clique no botão gerar boleto

Tela com o valor a pagar após a opção escolhida (cota única ou primeira parcela) Foto: Reprodução
Tela com o valor a pagar após a opção escolhida (cota única ou primeira parcela) Foto: Reprodução

 

Será gerada a guia. É só imprimir

A guia de pagamento do IPVA para imprassão Foto: Reprodução
A guia de pagamento do IPVA para imprassão Foto: Reprodução

Novidades:  Entenda o que muda em relação aos documentos do Detran a partir deste mês

Guia do Detran-RJ

A Guia de Regularização de Taxas (GRT) do Detran-RJ — que o motorista do Rio paga para poder licenciar o automóvel anualmente — já está disponível para emissão no site do Bradesco. Neste ano, o valor é de R$ 219,37, a ser pago de uma única vez. Essa cobrança deve ser quitada para que o Certificado de Licenciamento e Registro de Veículo (CRLV) anual seja emitido pelo departamento de trânsito.

A GRT de 2021 tem dois valores embutidos: são R$ 156,69 referentes à taxa de licenciamento anual e R$ 62,68 relativos à emissão do CRLV. No ano passado, o valor foi de R$ 210,48.

Leia mais: Mais burocracia para comunicar venda de carro ao Detran; veja o que muda em janeiro

Mudança este ano

Vale destacar, no entanto, que, a partir deste ano, o documento do veículo não será mais emitido em papel. Os motoristas terão apenas a versão on-line para baixar eu seus celulares (CRLV-e). Leia mais sobre o assunto abaixo.

Para emitir a GRT do Detran-RJ, basta acessar o link do Banco Bradesco. Em seguida, é preciso selecionar “Emitir seu boleto de GRD, DUDA, GRM e GRT”.

Seguro DPVAT

Segundo a Resolução 399 do Conselho Nacional de Seguros Privados (CNSP), em 2021, não haverá cobrança do Seguro DPVAT para os proprietários de veículos. A decisão foi comunicada no fim do ano passado, sendo válida para 2021.

A quitação do Seguro DPVAT é condição obrigatória para a obtenção do CRV e CRLV, documentos de comprovação do licenciamento anual do veículo e de porte obrigatório. O proprietário deve manter o pagamento em dia para não perder o direito à indenização em caso de acidente de trânsito ao dirigir o veículo. No portal da Secretaria de Fazenda, é possível acessar e emitir a guia para o pagamento das pendências de anos anteriores.

Mais novidade:  Detran pretende implantar CRV digital a partir deste mês; CRLV também será eletrônico

Licenciamento anual

O cronograma de licenciamento anual de 2021 para os veículos emplacados no Estado do Rio foi estendido porque o órgão ainda está licenciando automóveis que não tiveram a situação regularizada no ano passado, por causa da pandemia.

Confira o calendário para o exercício de 2021, de acordo com o final da placa:

  • Finais de placa 1 e 2 – Até 30/09/2021
  • Finais de placa 3, 4 e 5 – Até 31/10/2021
  • Finais de placa 6, 7 e 8 – Até 30/11/2021
  • Finais de placa 9 e 0 – Até 31/12/2021

Por conta da pandemia, houve prorrogação do calendário de licenciamento de 2020. Confira os prazos para quem ainda não tem esse licenciamento:

  • Finais de placa 0, 1 e 2 – Até 27/02/2021
  • Finais de placa 3, 4, 5, e 6 – Até 31/03/2021
  • Finais de placa 7, 8 e 9 – Até 30/04/2021

Documentos em versão digital

Desde o dia 4 de janeiro deste ano, o Detran não emite mais o Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo (CRLV), nem o Certificado de Registro de Veículo (CRV) de papel. Os motoristas que precisarem emitir uma nova via, qualquer que seja o motivo, terão que acessar a versão digital, o CRLV-e. A mudança ocorre em todo o país.

Os documentos de papel continuam válidos. A substituição ocorrerá pelo novo documento digital somente quando o veículo passar por alguma alteração de característica, mudança de estado ou município, quando for realizada nova transação de compra e venda, ou ainda se o documento em papel for perdido.

CRLV

Para ter a versão digital do documento é preciso acessar o site do Departamento Nacional de Trânsito (Denatran) ou baixar o aplicativo Carteira Digital de Trânsito, disponível gratuitamente para os sistemas Android e IOS. Apenas os proprietários que tiverem quitado os boletos de GRT (Guia de Recolhimento de Taxa, disponível no site do Bradesco) e DPVAT (seguro obrigatório devido à Seguradora Líder) conseguirão fazer o download do documento.

Veja o passo a passo para obter o CRLV digital:

1. Instale o aplicativo CDT – Carteira Digital de Trânsito no seu celular

2. Cadastre o usuário

  • Uma vez instalado o app, abra e selecione: “Entrar com gov.br”
  • Na tela seguinte, informe CPF e selecione “Próxima”
  • Na próxima tela, crie uma conta e, após criá-la, retorne ao aplicativo e clique em “Entra” com gov.br

3. Baixe o CRLV Digital

  • Faça o login
  • Selecione “Veículos”
  • Informe o número do Renavam e o Número de segurança do CRV (é o antigo DUT, com 12 caracteres)
  • Selecione “Incluir” e estará pronto o seu CRLV Digital

Caso a pessoa já tenha sido usuário do antigo aplicativo CNH Digital, basta atualizá-lo para obter o app da Carteira Digital de Trânsito com a VNH disponibilizada automaticamente.

CRV

O Certificado de Registro do Veículo (CRV), comumente chamado de documento de compra e venda ou DUT-recibo, passará a ser somente digital e receberá o nome de Autorização para Transferência de Propriedade do Veículo em Meio Digital (ATPV-e).

A modificação no procedimento para a emissão do novo documento de transferência de propriedade, a ATPV-e, será a declaração que comprador e vendedor terão que fazer no Detran, informando sobre a Intenção de Venda do veículo. Nesse momento, o Detran emitirá o ATPV digital, ou ATPV-e. Esse passo deverá ser feito antes mesmo da efetivação da negociação. Não será cobrado DUDA pelo procedimento. Basta o usuário agendar o serviço pelos telefones 3460-4040, 3460-4041 e 3460-4042, ou pelo site do departamento www.detran.rj.gov.br.

Em seguida a essa etapa, vendedor e comprador registrarão, respectivamente, a Comunicação de Venda e a Transferência de Propriedade. A Comunicação de Venda pode ser feita no Detran ou nos cartórios. Já a Transferência de Propriedade deve ser feita somente no Detran. Para ambos os serviços é necessário efetuar o pagamento do respectivo Duda.

Pendências de anos anteriores

Com tantas mudanças e prazos prorrogados em 2020, o motorista pode conferir on-line se tem pendência quanto a pagamentos de impostos e de infrações. No site do Detran, é possível conferir se há multas em aberto. E para consultar se há débitos pendentes de IPVA, GRT e Duda, pode acessar o site do Banco Bradesco.

Segundo o Detran-RJ, após o pagamento da GRT, (e no caso do licenciamento 2020, o pagamento também do Seguro DPVAT), o usuário deverá aguardar até cinco dias para compensação. Caso haja divergência no pagamento, o usuário poderá entrar em contato com o Detran através do teleatendimento nos números (21) 3460-4040; 3460-4041 e 3460-4042 ou pela Ouvidoria no site do Detran.

“Faça o seguro do seu veículo, na melhor corretora de seguros do Rio de Janeiro 

Escarlate Corretora de Seguros – Tel. (21) 98857-6444.

Também é possível conferir as pendências de pagamentos presencialmente, sem necessidade de agendamento, no acesso sede do Detran. No entanto, o órgão indica o contato de maneira remota durante a pandemia de Covid-19.

Print Friendly, PDF & Email

Deixe uma reposta