Brasil

Mourão viaja para a Antártida para inaugurar base brasileira

O vice-presidente Hamilton Mourão embarcou nesta segunda-feira (13), para a Antártida, onde vai reinaugurar na terça-feira (14), a base de pesquisas do país no continente gelado, chamada de Estação Comandante Ferraz. O novo prédio, que fica na ilha Rei George, na Bahia do Almirantado, foi construído ao lado da atual base, que possui atualmente uma estrutura provisória.

A estação anterior havia sido criada em 1984, mas em 2012 sofreu um incêndio de grande proporções. No ocorrido, dois militares morreram e 70% das instalações foram destruídas. O governo então decidiu investir cerca de 100 milhões de dólares (R$ 411 milhões) na obra, e a unidade recebeu os equipamentos mais avançados do mundo. O local vai abrigar estudos nas áreas de biologia, oceanografia, glaciologia, meteorologia e antropologia.

Mourão exaltou as novas instalações e afirmou que elas vão contribuir muito para a evolução da ciência brasileira.

– Vai dar melhores condições de trabalho aos nossos pesquisadores, vai manter nossa presença no trabalho que está sendo feito pela comunidade científica internacional, de buscar respostas e avanços no conhecimento, na tecnologia, outras áreas que são pesquisadas lá – disse.

A equipe do vice-presidente embarcou em Brasília e fará uma primeira parada na cidade de Punta Arenas, no extremo sul do Chile. Do local, embarcam novamente, em uma aeronave Hércules C-130 da Força Aérea Brasileira (FAB), único tipo de avião usada para chegar ao continente gelado, já que é mais preparada para pousos e decolagens nas pistas do local.

 

Print Friendly, PDF & Email

Deixe uma reposta