Notícias

“Não aceitamos um Evangelho adaptável a esse mundo”, diz Silas Malafaia no The Send

Em sua ministração no The Send neste sábado (8), o pastor Silas Malafaia lembrou que “não vamos transformar essa geração se primeiro não formos transformados pelo Evangelho”.

Falando a uma multidão no Estádio do Morumbi, Malafaia observou que a luz não brilha onde há luz, mas sim onde há trevas. “Se vida cristã é duas horas de culto na igreja, o nosso cristianismo está falido”, disse.

O pastor também fez uma comparação sobre a devoção religiosa característica entre os muçulmanos, e a falta dela entre os evangélicos.

“Jovens muçulmanos vão para as universidades na Europa, passam lá entre cinco e dez anos, e quando voltam para as suas nações, voltam muçulmanos. Nada muda a crença e os valores deles. Jovens evangélicos brasileiros estão indo para as universidades e, três meses depois ouvindo professores humanistas, ateístas e esquerdopatas, voltam contaminados, duvidando de crenças, valores, de Deus, chamando o pastor de fascista e homofóbico”, observou.

“O movimento muçulmano vai do radical para o mais radical. O muçulmano não abre mão, nem por uma vírgula, de seus princípios. Sabe o que está acontecendo com a Igreja? Estamos indo da verdade do Evangelho para o leviano. Um Evangelho que é adaptável a esse mundo, [digo] não — mil vezes não”, acrescentou o pastor.

Meu pastor @silasmalafaia no @thesendbrasil ministrando sobre essa geração. Vem um tempo novo!!

Posted by Pr Paulo Vieira on Saturday, February 8, 2020

Malafaia deu uma mensagem de incentivo para os universitários cristãos no Brasil: “Quando você chega na universidade e você é luz, o primeiro impacto é o deboche. Vão ridicularizar você, vão zombar de você e vão isolar você. À medida que o seu testemunho começa a contagiar, os que zombam vão ver que você tem alguma coisa diferente”.

“Não é você que tem que ser atraído por esse mundo, é você que atrai o mundo pelo poder do Evangelho”, destacou o pastor.

Print Friendly, PDF & Email

Deixe uma reposta