Notícias

Nova sede da Alerj, no antigo prédio do Banerj, já está com 96% da reforma de R$ 150 milhões concluídos

Um dos marcos da arquitetura dos anos 1960 está prestes a virar a nova casa do Legislativo fluminense. Após quase dois anos e meio de obras no Edifício Lúcio Costa, a Assembleia Legislativa (Alerj) está pronta para se mudar para o prédio conhecido como Banerjão, na Avenida Nilo Peçanha 175, no Centro. Com 96% da reforma concluídos, parte do corpo administrativo deve começar a ocupar o imóvel no recesso parlamentar, no fim do ano. Já os deputados devem se mudar até o meio de 2020. A obra começou em 2017, em meio à crise fiscal e econômica do Rio, mas a Alerj, que recebe repasses obrigatórios do governo estadual, os chamados duodécimos, estipulados pela Constituição, não economizou no projeto de 34 andares. A Casa desembolsou até agora R$ 150 milhões.

O valor, segundo a Alerj, saiu de economias do orçamento da Casa, que pretende, depois de outras medidas de contenção, devolver R$ 450 milhões para os cofres do estado este ano.

O prédio foi todo adaptado para ter acessibilidade. São rampas, elevadores e o próprio plenário está pronto para receber todos. Se fôssemos comprar ou construir um novo prédio desse porte e nessa região, poderia custar até três vezes mais— defende Wagner Victer, diretor-geral da Casa.

Print Friendly, PDF & Email

Deixe uma reposta