Rio de Janeiro

Presidente da Câmara rejeita pedido de impechment de Crivella

Como era mais do que esperado, o presidente da Câmara do RioJorge Felippe (DEM), negou o prosseguimento do pedido de impeachment de Marcelo Crivella (Republicanos) protocolado pelo fiscal municipal Fernando Lyra Reis (o mesmo autor do requerimento que levouo prefeito a responde a um processo idêntico no ano passado).

Felippe levou apenas um dia para avaliar inadmissível a denúncia,”em razão de sua patente inépcia e, principalmente, por entender que a soberania popular não pode ser excepcionada por fatos que não se revistam de verdadeira gravidade, ainda mais quando se avizinha o processo eleitoral para a eleição de prefeito e vereadores desta cidade”.

Lyra acusou Crivella de infração político-administrativa e crime de responsabilidade. Ele afirmou que a comissão que votou pela absolvição do prefeito em 2019 julgou, no entanto, ilegais os contratos de mobiliário urbano que foram alvo da denúncia. Os contratos foram celebrados antes do atual mandato, mas aditivados nesta gestão. O fiscal argumentou que, passado um ano e dois meses da rejeição do afastamento pela Câmara, Crivella ainda não abriu sindicância e não determinou a interrupção dos contratos. E que, por isso, deveria ser afastado de seu cargo.

Print Friendly, PDF & Email

Deixe uma reposta