Skip to main content
Rio de Janeiro

Sem tirar máscara, governador do Rio ironiza: “Ainda dizem que eu sou bolsonarista”

Criticado no ano passado por estar numa festa sem máscara, o governador do Rio de Janeiro, Claudio Castro, foi ao outro extremo. No evento de lançamento da revista “Rio Já”, nesta quarta-feira (14/10), Castro não retirou a máscara em nenhum momento. Nem água bebeu. Ironizando a situação, brincou:

“Ainda dizem que eu sou bolsonarista”.

Aliado de Bolsonaro, ficou de máscara durante os trinta minutos da sua breve passagem pelo evento, tempo suficiente para falar numa “chapa dos sonhos” ao lado do petista André Ceciliano, presidente da Assembleia Legislativa.

Print Friendly, PDF & Email

Leave a Reply