Skip to main content
Notícias

Spa, cinema e vista para a Terra: saiba como será o primeiro hotel espacial do mundo

O turismo mira também o espaço. Está marcada para 2027 a inauguração do primeiro hotel espacial, o Voyager Station, construído pela companhia chamada Orbital Assembly Corporation. A estação será composta por 24 módulos conectados, que formarão uma roda giratória e poderá orbitar a Terra. E sim, será capaz de receber hóspedes. É a promessa da empresa que está por trás da empreitada, que mais parece ficção científica.

Segundo a empresa, quem quiser passar as férias por lá terá comodidades como spa, cinema, restaurantes temáticos e bares, entre outros. Haverá dois tipos de acomodação: as vilas, que terão cozinha e três banheiros, para até 16 pessoas; e as suítes para casais, com 30 metros quadrados e que poderão ser alugadas para um período de três dias a um mês.

Quadra de basquete Foto: Voyager Station/Divulgação

Segundo a empresa que elaborou o projeto, a ideia é que a estada seja parecida com a de um cruzeiro, mas obviamente sem paradas e, claro, com vista para o espaço. A capacidade será de 400 pessoas. No site, já há uma área para reservas.

Alguns serviços, segundo a companhia, promoverão uma imersão: há planos de servir “comida espacial” tradicional – como sorvete liofilizado – no restaurante do hotel. Além disso, atividades recreativas que “destacam o fato de que você é capaz de fazer coisas que não pode fazer na Terra” serão parte da programação, de acordo com Tim Alatorre, arquiteto e designer da empresa, em entrevista ao site da CNN Travel: “Por causa da leveza e da gravidade reduzida, você será capaz de pular mais alto, ser capaz de erguer coisas, ser capaz de correr de maneiras que você não consegue na Terra”, afirma. Na quadra de basquete, a gravidade artificial será diferente da Terra, proporcionando aos praticantes saltos muito mais altos que o normal.

Em nota no site oficial, a companhia afirma que “a Voyager Station irá alavancar as tecnologias do espaço e os confortos da Terra para criar uma experiência única sem paralelo na História. A gravidade simulada oferecerá comodidades como banheiros, chuveiros e camas que funcionam de forma semelhante ao que você está acostumado na Terra”.

Projeto do Voyager Station Foto: Voyager Station/Divulgação

Em uma entrevista recente ao site da “CNN Travel”, John Blincow, presidente da companhia responsável pelo Voyager, explicou que houve alguns atrasos relacionados à pandemia causada pela Covid-19, mas a construção do hotel espacial está prevista para começar em 2026, e uma estada no espaço pode ser uma realidade no ano seguinte: “Estamos tentando fazer com que o público perceba que a era de ouro das viagens espaciais está chegando. Ela está chegando. Está chegando rápido”, disse.

Print Friendly, PDF & Email

Leave a Reply