Notícias

Suplente de Flordelis, Pedro Augusto é alvo de operação que apura esquema de rachadinha

O ex-deputado estadual Pedro Augusto (PSD) foi alvo de uma operação de busca e apreensão do Ministério Público do Rio e da Polícia Civil na manhã desta terça-feira. Foram cumpridos quatro mandados em endereços no Rio de Janeiro e em Niterói ligados a assessores e ao radialista da Tupi, que é suplente da deputada Flordelis (PSD) na Câmara dos Deputados.
O Ministério Público informou que o material apreendido será analisado para instrução de inquérito policial que apura possível prática de ‘rachadinha’ em gabinete da Assembleia Legislativa do Estado do Rio (Alerj). As investigações estão sob sigilo, razão pela qual não serão fornecidas outras informações, diz o MP.
A reportagem não conseguiu contato com o ex-deputado. O espaço está aberto para manifestação.
O comunicador apresenta o programa Show do Pedro Augusto na Rádio Tupi de segunda a sexta entre 14h e 15h30.
Após cinco mandatos (1999-2018) como deputado estadual na Alerj, o radialista concorreu nas eleições de 2018 a deputado federal. Pedro Augusto recebeu 36.382 votos, mas não foi eleito. Ele virou suplente da deputada Flordelis. Caso a parlamentar tenha o mandato cassado, o radialista assume a cadeira. Flordelis é acusada de ser a mandante da morte do marido, o pastor Anderson do Carmo.
Print Friendly, PDF & Email

Deixe uma reposta